quarta-feira, 30 de junho de 2010

Fusca+Arts

Em homenagem ao movimento pela criação da placa amarela, especial aos veículos Hot. Ontem no Auto Show Collection colheram assinaturas dos adeptos, que será encaminhada a quem de direito para o projeto de lei. O problema serão as normas definidas para a categoria, que dificilmente agradará a "gregos e troianos".

3 comentários:

Túllio M.F. disse...

O que seria essa placa amarela???

Dario Faria disse...

Acho muito bom esta iniativa para defender os Hots, por que está cada vêz mais dificil ter um auto antigo aquí na cidade de São Paulo com estas regras obscuras de medição de CO2 e segundo alguns boatos que ouvi sobre o futuro da inspeção de segurança abrangendo vários itens qualquer "autoridade" taxada como inspetozinho veicular poderia reprovar um Hot por não ter especificações originais e como um juiz de futebol que tem a palavra final o laudo de reprovação não adianta contestar, quem me dera ter a visão de prever o futuro e teria transferido meus antigos para outro Estado ou até para a Lua onde estaria longe desta máfia que nos cercaram, dizer terem reprovado 26 por cento da frota de veículos de placa 1 e 2 e isto na mega metropole de São Paulo é prá lá de 1 milhão de carros irregulares, que os proprietários destes lembrem dos politicos responsáveis por esta perseguição na hora do voto já nesta eleição, é a unica arma que possuimos contra ou a favôr deles, pense nisso...
Dario Faria

Felipe Nicoliello disse...

Túllio,

Seria como a placa preta, mas para veículos com aparência original, com mecânica e rodas alteradas, tendo trinta anos ou mais.

Como as regras ficam difíceis de elaborar, não sei como farão. O que será permitido e o que será vetado, ainda não se sabe.