sexta-feira, 10 de junho de 2011

VW38 #006, Lituânia (parte 9)

Tudo que poderia ser feito para recuperar as formas originais da lataria do pequeno Vw38 da Familia Grundmann estava concluído...
Agora o pequeno Vw seguiria para uma segunda etapa em sua restauração...
A caminho de receber uma pintura que seria a altura do excelente trabalho em que já havia sido submetido até então...
Os responsavéis pelo pequeno se sentem muito felizes pelo trabalho realizado, mas sabem que ainda terão muito o que fazer pelo Vw38...
Na chegada a oficina de pintura a primeira providência foi retirar o fundo em zarcão que protegia a carroceria...
Agora com o carro "na lata" é possivel corrigir as falhas e preparar para a pintura...
Um fundo primer é colocado antes da cor da tinta definitiva...
A forma em cinza claro facilita a correção de pequenos defeitos..
E o resultado até então já indica que o trabalho será bem executado...
Nada foi esquecido, tudo foi refeito a mão em todos os detalhes de estamparia...
As formas internas das janelinhas Split Window seguiu os padrões comparados a fotos de época...
Assim como os para-lamas que foram estudados em seus detalhes de formato...

E a tampa traseira que ainda permanecia com a sua parte ainda intacta, apesar do descaso durante longos anos de abandono...
Agora pronta em sua cor definitiva em preto brilhante, se mostra totalmente lisa e sem ondulações...
Os para-lamas também seguem o mesmo brilho intenso em seu acabamento final...

Ao lado o Sr. Traugott faz pose para a foto com um sorriso estampado no rosto...

E a carroceria previamente montada com os para-lamas, capos e portas tem-se uma ideia do que esta por vir...
A tinta que se aplicou na pintura foi a Laca Duco Preta, mais antiga e tradicional, e se preferiu não optar por tintas modernas como a P.U. (poli-uretâno) que possui um alto brilho e estaria na contra-mão das que eram utilizadas naquela época em 1938 e o resultado foi um trabalho primoroso que exigiu muita paciência e dedicação e também com muita pesquisa através do "Forum The Samba-USA", que com o auxilio de muitos experts em Vws no mundo todo, que tiveram a oportunidade de opinar e discutir os detalhes da restauração dete raro Vw...
Por outro lado, muitos agora tem duvidado da autenticidade deste Vw, e seria este um legitimo Vw38 de 1938 ou uma farsa construída em cima de uma história fictícia para arrecadar muito dinheiro em cima disso?
Na minha modesta opinião pessoal acredito ser este um Vw38 legitimo e quanto ao numero de chassi#006 talvez não seja por que este numero foi feito através de suposições, mas estaria este no grupo dos 20 primeiros carros construídos artesanalmente pela Oficina Reutter em 1938.
E afinal pode-se enganar "Poucos" por muito tempo, mas só se consegue enganar "Muitos" por pouco tempo, e neste caso vi que pessoas e a imprensa que são influentes e conhecidas no Mundo Vw Vintage Clássicos deram o seu aval de autenticidade do Vw38 e não posso discordar com isto.
Dario Faria.
Fotos: Forum The Samba-USA.

Um comentário:

Suzana Ribeiro disse...

Que saudade do meu fusquinha 69. Vocês fizeram um excelente trabalho. O fusca deve ter ficado maravilhoso depois de montado e um orgulho para seu proprietário.

Preciso fazer nova pintura no gol bolinha 98/99 que foi do meu pai que faleceu há 4 1/2 anos. Que saudade dele. Estou cuidando de seu carro com o maior carinho. Mais uma vez parabéns pela dedicação ...