terça-feira, 29 de março de 2011

Agora já nas mão de seu novo proprietário, e se esta frase valer: "o carro escolhe o seu dono", este certamente saberá cuidar e dar valor a este raríssimo modelo que até pouco tempo fazia parte da obscura história do automóvel brasileiro...
Quando ele conseguiu fechar o negocio de compra e adquirir o carro ele me enviou um e-mail com algumas explicações e esclarecimentos de duvidas:
"O carro é todo em chapa, não deu ainda para ver se tem partes de alumínio no corpo do carro, mas vários detalhes no painel, maçaneta, etc. são de alumínio . A primeira vez que vi as fotos da revista no site M Livre imaginei que poderia ser um Karmann-Ghia modificado, mas não tem nada a ver, ele é todo diferente, inclusive é maior que o KG e tem vários detalhes no acabamento que da para perceber que foram concebidos especialmente para o carro...
Consta KG no documento porque como foi comentado, parece que o interessado levava o chassi para que fosse instalada a carroceria. Por incrível que pareça tem um "Pininfarina" escrito em auto relevo dentro do capo dianteiro, mas sinceramente eu creio que alguém fez isto em alguma reforma, para valorizar o carro. A verdade é que ninguém sabia da origem e o verdadeiro nome do carro, nem o vendedor , nem mesmo o dono . É uma história muito interessante e rica em detalhes a serem desvendados..."
Agora sabemos que se trata de um modelo feito em chapa de alumínio semelhante a carros esportivos europeus desta época e não um modelo em fiber-glass ou outra resina sintética como alguns imaginavam e que foi utilizado um chassi de Karmann-Ghia debaixo da carroceria e também foi anunciado desde o inicio como sendo Carrozziere Pininfaria italiana, mas isto é improvável, embora suas linhas seguem a escola de designers europeus.
E desejamos ao novo proprietário momentos felizes em sua nova aquisição!
Dario Faria.
Fotos- arquivos: pessoal, S. Campos, Mr. Nick Nikollas.

5 comentários:

Guilherme da Costa Gomes disse...

Gostei, fico muito contente.

Juliana disse...

Lindissimo este carro!

Dario Faria disse...

Olá Gui & Juliana.
Refazendo o comentário que coloquei no blog:" O carro escolhe o seu dono", acho que isto se concretizou, pois recebi um e-mail do atual proprietário com este texto: Quanto ao Brasilia Sport, vou continuar buscando referencias para para deixá-lo o mais original possivel ( começando pelas rodas, parachoques e tela da grade dianteira)", e também fiquei muto contente com este "fianl feliz".
Dario Faria

André disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
André disse...

Eu achei o anúncio e fiz questão de enviar a possiveis proprietários que pudessem cuidar do carro,um desses o enviou a alguém que enviou ao dono atual do carro que eu posso garantir que é a pessoa mais indicada que eu conheço!
O carro vai andar e funcionar,vai voltar a originalidade e estara ao lado de carros esportivos nacionais raros.
Parabéns!

Quando eu virar "gente grande" quero ter uma coleção similar a esta!

André Lemes